An duo lorem altera gloriatur. No imperdiet adver sarium pro. No sit sumo lorem. Mei ea eius elitr consequ untur. In mel aeterno.
1-677-124-44227

184 Main Collins Street | West Victoria 8007

Follow us on Social media

Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor alique tenean sollicitudin.

(44) 3041 4434 | (44) 9 9884 4468

Unidade Maringá

(46) 3025 2338 | (46) 9 9115 3211

Unidade Pato Branco

Blog

Prosom > Aparelhos Auditivos  > O uso de aparelho auditivo faz com que a pessoa se sinta constrangida nos lugares?
Veja como não ter mais vergonha de usar aparelho auditivo em lugares públicos

O uso de aparelho auditivo faz com que a pessoa se sinta constrangida nos lugares?

Os aparelhos auditivos melhoram muito a qualidade de quem possui algum grau de perda da audição, devolvendo a facilidade de comunicação, aumentando a interação social e muitas vezes fazendo com que a pessoa deixe de se isolar. No entanto, apesar dos benefícios, alguns usuários ficam constrangidos ao usarem o produto por diversos motivos. Entre eles, o medo de chamarem a atenção nos lugares que costumam frequentar.

Esse é um problema mais comum do que podemos imaginar. Para alguns pacientes é difícil reconhecer e admitir a perda auditiva, o que muitas vezes agrava a saúde da audição do indivíduo. Após reconhecer e admitir que possui a surdez, muitos enfrentam o transtorno da adaptação ao aparelho auditivo devido ao constrangimento.

A vergonha do uso do aparelho auditivo pode ainda ser provocada por outros diversos fatores. Esse bloqueio emocional, geralmente criado pelo próprio paciente, é gerado por não saberem lidar com a curiosidade que outras pessoas possam, eventualmente, ter.

Isso pode ser corrigido, caso o paciente consiga mudar a percepção que ele tem de si mesmo ao usar o aparelho auditivo. Afinal, o acessório, que é uma tecnologia de ponta, está ali apenas com a finalidade de ser um facilitador fundamental para a recuperação da capacidade de escutar, comunicar-se e interagir com outras pessoas, amigos e familiares, melhorando, consequentemente, a qualidade de vida do indivíduo.

Se você se identificou com esse cenário, este artigo foi para te ajudar a superar esse bloqueio emocional e enxergar o seu aparelho de outra forma, numa perspectiva mais positiva para que você possa andar com tranquilidade na rua, sem medo, sem vergonha, mas escutando absolutamente tudo ao seu redor. Boa leitura!


Encare o seu bloqueio emocional de frente

O primeiro passo e, talvez, o mais importante, é a necessidade de encarar o seu medo, a sua vergonha, o seu bloqueio emocional de frente. É preciso reconhecer a perda auditiva, mas compreender que existe tratamento, que existe solução, e que você não está condenado a ficar sem se comunicar, a não interagir, a ter que se isolar socialmente.

Leia também: Quando devo procurar um fonoaudiólogo?

Quando se tem deficiência auditiva, a qualidade de vida só volta a melhorar quando todos esses medos são encarados de frente. A surdez pode assustar no início, já que é um sentido que está relacionado à proteção e à comunicação.

Nesse processo, descubra e observe todos os benefícios dos aparelhos auditivos, como eles amplificam o som, como ajudam você a escutar as conversas, de que maneira melhoram a sua atenção no trânsito, entre outras situações do dia a dia. Reconheça a importância do seu aparelho na recuperação da sua qualidade de vida. Por fim, reflita: vale a pena perder a capacidade auditiva por vergonha de usar um aparelho?

 

Fortaleça a sua autoconfiança

Ao olhar para dentro de si, reconheça a sua condição auditiva e os benefícios do seu aparelho na recuperação da audição. Lembre-se de tudo que acontece ao seu redor, pense sobre as experiências que já viveu e os problemas que já precisou enfrentar. Assim, perceberá o quanto você é capaz de superar os obstáculos que possam surgir na sua vida.

Leia também: Conheça os 3 tipos básicos de aparelhos auditivos

É importante que você deixe de encarar a perda auditiva como algo que o torna inferior, mas sim como uma dificuldade que exige uma nova forma de adaptação.

 

Conheça os modelos de aparelhos auditivos

Existem diversos tipos e modelos de aparelhos auditivos. Com as mudanças e avanços tecnológicos, cada vez mais têm surgido variedades de aparelhos para aqueles que tiveram  perda auditiva.

A Prosom, por exemplo, possui uma enorme variedade de aparelhos auditivos, dos mais variados tipos e modelos, além de acessórios. Ela tem os melhores produtos com tecnologia avançada e o melhor design para devolver ao cliente o direito de se comunicar, proporcionando conforto e satisfação.

Outra opção para ajudá-lo na adaptação, é personalizar o aparelho. Muitas pessoas, para deixarem o aparelho auditivo do seu jeito, customizam de acordo com o seu desejo.

 

Saiba respeitar o seu tempo

Não tenha pressa em se adaptar ao seu aparelho auditivo. Certamente você já ouviu o ditado: “A pressa é inimiga da perfeição”. Acredite, ela também é inimiga da adaptação.

Busque a adaptação no seu ritmo, respeitando o seu tempo pessoal. Busque se habituar à ideia do uso do aparelho, da necessidade dele, da importância desse aparelho e os benefícios que ele é capaz de lhe proporcionar. Aos poucos, vá entrando em contato com os sons do cotidiano.

Inicialmente, utilize o aparelho em ambientes conhecidos e que você se sinta confortável, e, aos poucos, você poderá ampliar a lista de ambientes.

Quer receber mais dicas sobre a saúde auditiva e surdez? Continue acompanhando o nosso blog!

Sem comentários
Comente
Name*
Email*
Website