An duo lorem altera gloriatur. No imperdiet adver sarium pro. No sit sumo lorem. Mei ea eius elitr consequ untur. In mel aeterno.
1-677-124-44227

184 Main Collins Street | West Victoria 8007

Follow us on Social media

Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor alique tenean sollicitudin.

(44) 3041 4434 | (44) 9 9884 4468

Unidade Maringá

(46) 3025 2338 | (46) 9 9115 3211

Unidade Pato Branco

Blog

Prosom > Audição  > Confira algumas dicas pra saber como lidar com pacientes que apresentam perda da audição
Aprenda a lidar com pessoas que apresentam perda auditiva.

Confira algumas dicas pra saber como lidar com pacientes que apresentam perda da audição

Aproximadamente 360 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com algum tipo de perda auditiva, sendo que 35% desse total tem mais de 64 anos. No Brasil, há aproximadamente 28 milhões de pessoas com algum tipo de surdez, de acordo  com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A audição é um sentido fundamental para a comunicação, já que possibilita o desenvolvimento social do indivíduo. O som que ouvimos é capaz de proporcionar e modificar emoções, as quais podem ter um papel fundamental nos relacionamentos, na saúde e, principalmente, na qualidade de vida.

A perda auditiva pode ser causada por diversos motivos. Isso acontece quando alguma estrutura do sistema auditivo apresenta alterações, ocasionando uma diminuição na capacidade de perceber os sons. Diferentemente do senso comum, nem sempre a causa da perda da audição está relacionada à idade. Até mesmo recém-nascidos podem perder a audição!

Alguns dos motivos da surdez são: exposição a sons altos, infecções, medicações, traumas ou causas genéticas. Inclusive, devido ao crescimento do uso de fones de ouvido, além de shows e eventos com som alto, os jovens têm tido cada vez mais perda auditiva.

Com dados tão alarmantes, está se tornando cada vez mais comum conhecermos alguém com algum tipo de surdez, seja na família, entre amigos, ou no trabalho, principalmente para quem trabalha como cuidador de idosos. Diante dessa realidade, torna-se fundamental sabermos como devemos lidar com pessoas que apresentam algum grau desse tipo de deficiência. Caso você conheça alguém com perda auditiva, confira as dicas abaixo!

Evite falar alto

Ao tentar conversar com uma pessoa que tem algum tipo de surdez, ficamos tentados a elevar o tom da nossa voz devido às sucessivas vezes que ela nos pede para repetir algo que foi dito anteriormente na conversa. No entanto, acredite, falar alto não é a forma mais eficiente de comunicação com essas pessoas, embora pareça ser.

Leia também: Os benefícios da música para a audição

O mais adequado nessa situação é que você tente buscar manter a atenção dela, e ao olhar diretamente em seu rosto, fale pausadamente. Dessa forma, você facilita a compreensão  sobre todas as informações que você quer transmitir.

O hábito de falar alto durante a conversa, geralmente não causa impacto positivo. Na verdade, tende a fazer com que o paciente se sinta cada vez mais constrangido a pedir que você repita aquilo que foi dito. Esse comportamento leva-o a diminuir sua interação social, reprimindo seus sentimentos, causando-lhe problemas emocionais com o passar do tempo, por conta do permanente isolamento social.

Evite a comunicação em cômodos diferentes

Manter qualquer nível de diálogo a uma determinada distância, como cômodos diferentes em uma residência é uma tarefa árdua para quem tem perda auditiva.

Seguindo a dica anterior, busque ficar próximo da pessoa e conseguir sua atenção antes de começar a falar. Às vezes, pode ser necessário uma comunicação física, como tocar suavemente o braço ou o ombro do paciente para ter certeza de que ele está ouvindo você.

Reduza o ruído de fundo

Ao conversar com pessoas com perda auditiva, tente reduzir o ruído de fundo que possa atrapalhar a concentração e compreensão dela, como o som da televisão, o rádio do carro, outras pessoas conversando no mesmo ambiente, entre outras situações comuns do dia a dia.

Nesse caso, busque manter o ambiente tranquilo para a conversa. Desligue os aparelhos eletrônicos que estão fazendo barulho em segundo plano ou então diminua o volume até o fim da conversa.

Leia também: 500 Genes podem afetar nossa audição

Além disso, busque falar de maneira clara, evitando falar rápido demais e até reformulando frases quando for necessário repetir alguma informação. Isso porque algumas pessoas com perda auditiva não conseguem ouvir determinados tipos de sons, como consoantes e sons agudos.

Seja paciente

Essa dica provavelmente você já sabe que é de extrema importância. No entanto, é válido ressaltar a necessidade de se manter paciente durante uma conversa longa com uma pessoa que apresenta algum tipo de perda auditiva.

Entendemos que é normal se sentir frustrado ou até mesmo estressado com um paciente que sofre de surdez, devido à dificuldade de se comunicar com ele em algumas situações, mas é preciso ter empatia durante esses momentos.

Lembre-se que esses pacientes estão encarando um grande desafio em suas vidas que é lidar com uma condição de saúde irreversível e que podem estar enfrentando a vergonha, tristeza e até mesmo a solidão.

Quer receber mais dicas sobre a saúde auditiva e surdez? Continue acompanhando o nosso blog

Compartilhe
Sem comentários
Comente
Name*
Email*
Website